• Manu Mayrink

"Hotel Artemis", o filme que tinha tudo para ser, mas não foi


O ano é 2028. O lugar é Los Angeles. O Hotel Artemis é um hospital particular para criminosos administrado pela Enfermeira (Jodie Foster). Em um dia qualquer de uma semana com distúrbios nas ruas, tanques, helicópteros e mísseis (por conta da falta de água na região), a Enfermeira vai precisar se ocupar com ladrões de bancos, assassinos e um chefe da máfia russa marcado para morrer. Este é o contexto geral de "Hotel Artemis", escrito e dirigido por Drew Pearce e que conta no elenco também com atores como Sterling K. Brown (o Randall, de "This is Us").

O filme se passa em um momento único, quando diversos criminosos de forças e frentes opostas se vêem no mesmo local, um tanto quanto debilitados, porém prontos para defender seus interesses, dando um trabalhão danado pra enfermeira. Em meio a tudo isso, a própria personagem de Jodie Foster precisa lidar com questões pessoais quando uma policial aparece ferida pedindo ajuda em sua porta. O cenário parece perfeito para um blockbuster daqueles cheios de reviravoltas e emoções, mas não é bem isso que acontece. Apesar de algumas "descobertas" ao longo do filme, a sensação que se tem é que seguimos vendo um grande prólogo, com o sentimento de que algo vai acontecer, mas nada efetivamente grandioso acontece (algo que se esperaria de filmes como este). É um quebra-cabeça que ficamos por um tempo tentando construir e, quando o vemos montado, não nos impressiona em nada. Muitos dilemas aparecem, mas são pouco desenvolvidos.

Pra encerrar, uma curiosidade: o nome do hotel faz referência a deusa grega Artemis, que nasceu em segredo para que ficasse protegida da ira de Hera, a rainha dos deuses.


#Filmeseséries

0 visualização
Foto Sandro_2_edited.jpg

Manu Mayrink é fanática por livros, filmes, séries, música e lugares novos.  A internet é seu maior vício (ao lado de banana e chocolate, claro) e o "Alguém Viu Meus Óculos?" é seu xodó. Ela ama falar (muito) e contar pra todo mundo o que anda fazendo (taurina com ascendente em gêmeos, imagine a confusão!). Já morou em cidade pequena e em cidade grande, já conheceu gente muito famosa e outras não tanto assim (mas sempre com boas histórias). Já passou por alguns lugares incríveis, mas quando o dinheiro aperta ela viaja mesmo é na própria cabeça. Às vezes mais do que deveria, aliás.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram