• Manu Mayrink

#JáLi - "Como Parar de se Sentir uma M*rda", de Andrea Owen | AUTOAJUDA FUNCIONA?


Será que autoajuda funciona? Será que exercícios podem nos ajudar a sair da bad?

Para comprar o livro: https://amzn.to/2OtUqat

Trechos para anotar no caderninho:

- "A partir daí, não se trata de ficar se recriminando por agradar as pessoas ou se anestesiar, e sim de reconhecer o hábito e/ou pensamento e experimentar as novas ferramentas"

- "Todas nós temos um instinto de evitar a vergonha. Conscientemente ou não, passamos a vida fazendo tudo para evitá-la, e isso vira uma força que move os nossos hábitos destrutivos. É aí que nascem o perfeccionismo, a ânsia de agradar os outros, a culpa, a autossabotagem, os vícios, o isolamento e a fuga, o controle, o esforço excessivo para ser bem-sucedido e todos os outros hábitos que serão analisados aqui"

- "[...] não dá pra passar pela vida, ter coragem e uma vida fodástica sem que o medo faça parte do pacote"

- "E quando você virar essa pessoa que é mais gentil consigo mesma vai inspirar outras pessoas a fazer o mesmo. O efeito propagados pode mover montanhas, e as mulheres têm o poder de mudar não só a si mesmas, mas também o mundo"

- " A verdade é que vivemos em uma cultura que lucra com o fato de as mulheres não se sentirem boas, bonitas e magras o suficiente. Grandes empresas ganham muito dinheiro com essa ideia. Ela ajuda a economia"

- "O cerne da autocompaixão está em falar consigo mesma como você falaria com alguém que ama"

#livros

3 visualizações
Foto Sandro_2_edited.jpg

Manu Mayrink é fanática por livros, filmes, séries, música e lugares novos.  A internet é seu maior vício (ao lado de banana e chocolate, claro) e o "Alguém Viu Meus Óculos?" é seu xodó. Ela ama falar (muito) e contar pra todo mundo o que anda fazendo (taurina com ascendente em gêmeos, imagine a confusão!). Já morou em cidade pequena e em cidade grande, já conheceu gente muito famosa e outras não tanto assim (mas sempre com boas histórias). Já passou por alguns lugares incríveis, mas quando o dinheiro aperta ela viaja mesmo é na própria cabeça. Às vezes mais do que deveria, aliás.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram