• Clara Mayrink

O exagerado e estereotipado “Amor em jogo”, com Gal Gadot


O trailer de “Amor em Jogo” promete um filme divertido e engraçado, mas a promessa escorre pelo ralo ao longo da trama. O longa se mostra extremamente estereotipado e exagerado, o que o faz perder grande parte de seu potencial.

Protagonizado por Oshri Cohen e a estrela Gal Gadot, o filme israelense se passa na conservadora Jerusalém. Cohen é Ami Shushan, o maior jogador de futebol do país que, por ter flertado com Mirit (Gadot), namorada de um mafioso, é por ele obrigado a fingir ser gay. Em um país tão conservador como Israel, isso é um grande problema e Ami é rejeitado de forma violenta pela torcida e colegas de time. Porém, ele acaba se tornando um ícone para a comunidade gay do país, convidado inclusive para participar da Parada Gay local e de atividades educativas com adolescentes.

Isso poderia ser interessante para o longa, se construído de forma mais respeitosa, mas, infelizmente, é muito preconceituoso em várias frentes: em relação às mulheres, à comunidade LGBT e até à diversidade religiosa da cidade de Jerusalém.

Entendo que Israel tenha uma sociedade ainda mais conservadora e preconceituosa que a nossa e lá se assumir gay seja um problema sem tamanho, mesmo para uma pessoa rica e poderosa, como um dos maiores jogadores do país. Entretanto, acredito que aqui no Brasil esse debate está (ou ao menos deveria estar) já em outro patamar. Não dá mais para reforçar alguns estereótipos e preconceitos retrógrados, como faz "Amor em Jogo", ainda que para criticá-los. Talvez lá esse filme performe melhor lá que aqui.

O grande diferencial do filme é ter sido feito na sua língua nativa, o hebraico, o que não costuma entrar muito em circuito no Brasil, além de, de certa forma, mostrar também a diversidade religiosa do país. E, para não ser totalmente injusta, dá para tirar algumas risadas. “Amor em Jogo” tem direção de Shay Kanot e foi produzido em 2014 (o que explica parte de seu atraso no debate LGBT), mas sua estreia o Brasil acontece só no próximo dia 31 de outubro.


#Filmeseséries

0 visualização
Foto Sandro_2_edited.jpg

Manu Mayrink é fanática por livros, filmes, séries, música e lugares novos.  A internet é seu maior vício (ao lado de banana e chocolate, claro) e o "Alguém Viu Meus Óculos?" é seu xodó. Ela ama falar (muito) e contar pra todo mundo o que anda fazendo (taurina com ascendente em gêmeos, imagine a confusão!). Já morou em cidade pequena e em cidade grande, já conheceu gente muito famosa e outras não tanto assim (mas sempre com boas histórias). Já passou por alguns lugares incríveis, mas quando o dinheiro aperta ela viaja mesmo é na própria cabeça. Às vezes mais do que deveria, aliás.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram