O contemplativo "Unicórnio", inspirado em contos de Hilda Hist


Livremente inspirado em dois contos de Hilda Hist, "Unicórnio" e "Metamoros", o filme "Unicórnio" conta a história de Maria (Barbara Luz), que mora com sua mãe em uma casa bem rústica, no interior, onde aguardam a volta do pai. Esta relação fica abalada quando chega um outro homem. A história é toda conduzida pelo ponto de vista de Maria, que conta para o pai a sua narrativa. Maria é menina com claros problemas psicológicos, que faz do filme bastante interessante.

Não há no longa uma marcação temporal. Apesar da temporalidade ser similar a um passado arcaico por conta da estrutura física do lugar onde moram, alguns pequenos elementos denunciam um momento mais contemporâneo.

A reviravolta causada na narrativa impressiona. A estreante Barbara Luz é um excelente achado do diretor, Eduardo Nunes. No elenco de “Unicórnio” estão também Patrícia Pillar, Zécarlos Machado e Lee Taylor. Com poucos diálogos, o filme todo tem ritmo lento, o que se mostra essencial para criar um ambiente compatível à narrativa.

O filme foi rodado em dezembro de 2016 na região serrana do Rio de Janeiro, no Parque Estadual dos Três Picos, entre Teresópolis e Friburgo. Era um lugar totalmente isolado e a equipe teve até mesmo que construir uma ponte e abrir uma estrada para chegar lá e construir a casa onde foi filmado. Estes cenários e as imagens são estonteantes, em um belo trabalho do diretor de fotografia Mauro Pinheiro Jr. É um filme bem contemplativo. "Unicórnio” estreia nesta quinta-feira (16 de agosto).

#Filmeseséries

Posts em breve
Fique ligado...
Foto Sandro_2_edited.jpg

Manu Mayrink é fanática por livros, filmes, séries, música e lugares novos.  A internet é seu maior vício (ao lado de banana e chocolate, claro) e o "Alguém Viu Meus Óculos?" é seu xodó. Ela ama falar (muito) e contar pra todo mundo o que anda fazendo (taurina com ascendente em gêmeos, imagine a confusão!). Já morou em cidade pequena e em cidade grande, já conheceu gente muito famosa e outras não tanto assim (mas sempre com boas histórias). Já passou por alguns lugares incríveis, mas quando o dinheiro aperta ela viaja mesmo é na própria cabeça. Às vezes mais do que deveria, aliás.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram