"Além da Morte" e a ousadia de cinco estudantes de medicina


Eu adooooro séries que se passam em universidades, não importa muito a temática. E os médicos estudantes ganharam meu amor depois de começar a ver Grey's Anatomy (sim, só comecei este ano. Sem dramas ou julgamentos, porfa). Isso posto, "Além da Morte" já sai em vantagem na batalha pelo meu amor. Além disso, a premissa é bem interessante. O longa traz a história de cinco estudantes de medicina que começam a explorar o reino das experiências de quase morte, na esperança de fazer algumas descobertas. Cada um deles tem o coração parado e depois revivido. Eles passam a ter visões em flash, com pesadelos da infância, e a refletir sobre pecados que cometeram. Os experimentos se intensificam, e eles passam a ser afetados fisicamente por suas visões enquanto tentam achar uma cura para a morte.

E, sim, quando Courtney (Ellen Page) convoca seus amigos de hospital para uma experiência - e é a primeira voluntária - a gente se remexe na cadeira com as descobertas deles, com o medo de tudo dar errado, etc... Não temos como saber exatamente o que acontece nos momento após nosso coração parar, mas "Além da Morte" traz bons conceitos e ideias. É interessante sim, mas só no começo.

Em determinado momento, nossa sensação é que o filme se encaminha para uma relação com religiões, autoajuda, sei lá. A ideia de pecado e de culpa se torna o tema central do longa, que tenta trazer o suspense, mas não consegue; ou o terror do sobrenatural, mas falha na missão.

O fato é: "Além da Morte" (um remake de Linha Mortal, filme de 1990 com Julia Roberts, Kiefer Sutherland e Kevin Bacon no elenco) tem uma boa premissa, mas se perde na tentativa de passar mensagens positivas aos seus espectadores ao fazer isso de maneira tão didática. Não é exatamente este o caminho que imaginamos na primeira metade do filme.

No elenco da versão de 2017 estão atores como Ellen Page, Nina Dobrev e Diego Luna, que mandam bem, mas não sustentam até o fim um roteiro pobre. Não assisti ao filme original, mas ví críticos alertarem para o fato de que "Linha Mortal" não era uma obra prima e "Além da Morte" não fez mais do que repeti-lo em cada detalhe, sem inovações.


#Filmeseséries

Posts em breve
Fique ligado...
Foto Sandro_2_edited.jpg

Manu Mayrink é fanática por livros, filmes, séries, música e lugares novos.  A internet é seu maior vício (ao lado de banana e chocolate, claro) e o "Alguém Viu Meus Óculos?" é seu xodó. Ela ama falar (muito) e contar pra todo mundo o que anda fazendo (taurina com ascendente em gêmeos, imagine a confusão!). Já morou em cidade pequena e em cidade grande, já conheceu gente muito famosa e outras não tanto assim (mas sempre com boas histórias). Já passou por alguns lugares incríveis, mas quando o dinheiro aperta ela viaja mesmo é na própria cabeça. Às vezes mais do que deveria, aliás.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram